Infectologista alerta sobre doença transmitida por pombos

A falta de predadores está favorecendo a proliferação de pombos, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. De acordo com o médico infectologista Marcelo Daher esses pássaros transmitem uma doença que pode levar a morte. A criptococose é transmitida por fungos (Cryptococcus neoformans) encontradas nas fezes secas do animal. De acordo com o infectologista a doença não é comum, e o índice de mortalidade pode ser de 60% a 70% em pacientes com Aids ou outra doença imunodepressiva. “O aumento da população dessas aves nos centros urbanos favorece o aumento da incidência da enfermidade”, diz. A situação é mais complicada nas praças, pois as pessoas ficam com pena e alimentam as aves. “Os pombos dormem e fazem ninhos nas casas próximas a às praças, aumentando os riscos para quem mora nessas regiões”, observa o médico.

saiba mais

  • Uma pessoa morre vítima de doença transmitida por pombos, em Anápolis

Vítima Uma adolescente de 17 anos morreu em consequência da criptococose, no mês de março, em Anápolis. Marcelo Daher comenta que é difícil determinar como ocorreu o contágio, pois a doença não é crônica. A jovem já vinha com os sintomas há alguns dias, até chegar ao consultório com um quadro mais avançado. Ela ficou em tratamento durante um ano e morreu. “Uma característica marcante da enfermidade é que não é possível acabar totalmente com o fungo. O tratamento é demorado e muito caro. Algumas vezes, o paciente não resiste e morre”, relata. O caso de criptococose na adolescente foi confirmado depois uma punção lombar e da análise do líquor. “O exame foi feito para detectar um quadro de meningite que a garota também apresentava na época. A criptococose pode causar várias manifestações”, diz o infectologista. O médico comenta que a doença não é tão comum e se manifesta com maior gravidade em pacientes com aids ou alguma doença imunodepressiva. “O índice de mortalidade para esse tipo de paciente é mais elevado, entre 60% e 70%. Anualmente, morrem de três a seis pessoas com enfermidades ligadas à baixa imunidade todos os anos”, afirma. Os sintomas da criptococose podem ser confundidos com uma meningite menos aguda, com dor de cabeça, vômito e febre. “A diferença é que o quadro é menos agudo e se arrastam por mais tempo”, explica Marcelo. A doença também pode provocar um quadro pulmonar com tosse e falta de ar, também menos intenso, que vai piorando com o tempo.

#pombo #sãopaulo #doença #dedetizadora

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2014 SITE CRIADO PELA DEDETIZADORA ZOOTEC. CONTATO 11 5011-3986